ax novinhaix

Conscientizar & Libertar

Conscientizar & Libertar

Na minha certidão de nascimento estou registrada como branca e por muito tempo foi assim que me identifiquei. Quando entendi que também era negra algo consciente mudou dentro de mim. Eu comecei a entender os privilégios da minha pele branca e o racismo contra meu corpo negro. Sou da raça da "miscigenação",  no entanto ainda na minha certidão de nascimento sou branca e nada mais.

Então, por que devo me importar com o dia da consciência negra? Por que este dia seria relevante para alguém que a vida toda sempre teve privilégios? 

A minha jornada de compreensão sobre o racismo contra o que é diferente do branco começou cedo. Meu cabelo é crespo e bem seco, então os primeiros apelidos que recebi na escola eram "esponja de aço", "rolo de fumo" e no verão quando meu cabelo ficava bem claro por causa do Sol o apelido era "mico-leão-dourado". Eu não sabia que o nome disso era racismo, então a única solução que encontrei foi o alisamento com química desde os 12 anos de idade.

tumblr_nok0lb5w1p1svh98qo1_500.gif

Eu fui parar de alisar meu cabelo apenas com 26 anos e isso se deu por um processo de conscientização e aceitação. Primeiramente, já não me agradava mais colocar tantos químicos no cabelo vendo que o resultado não era apenas alisar, mas muita queda de cabelo também. Segundo, eu comecei a ver muitas mulheres assumindo seus cabelos naturais e isso me fez pensar porquê eu não poderia fazer o mesmo. 

E o que tudo isso tem a ver com o dia da consciência negra? Pois bem, estar consciente de si próprio pressupõe auto-amor. Se conscientizar sobre o racismo a sua volta pressupõe auto-conhecimento. Quando eu entendi que eu estava alisando para me encaixar em padrões brancos eu comecei a me amar mais. Comecei a aceitar mais a minha identidade.

Estar consciente é estar apar dos fatos também. Então vamos aos fatos: 52% da população brasileira é negra. Foram 328 anos de escravidão até a Lei Áurea, após isso houve uma "liberdade" limitada e falsa. Até hoje os negros são marginalizados e uma grande parcela ainda ocupa o que é considerado a escala mais baixa de nossa hierarquia social: as favelas. O negro não é uma minoria populacional, no entanto é o que tem menos representatividade em espaços de poder. 

consciencia negra

A condição social tem raça e não é só aqui. Nos EUA eles tem o Black Month History (Mês da História Negra) que trás a tona as mesmas questões do dia da consciência negra. Os EUA é um país que sempre vendeu o sonho americano com a idéia de que lá você poderia ser quem quisesse e que tudo dependeria do seu esforço próprio. Todavia, nos EUA os negros tem oito vezes mais chances de serem assassinados do que brancos. Um estudo feito pelo Bank of Boston ( Banco de Boston) sobre mobilidade social revelou que crianças pobres e negras tem 51% de chance de permanecer na mesma classe social que nasceram por toda sua vida. E o Brasil não é muito diferente disso, principalmente no setor educacional. 

Existe um mito que corre pelo povo brasileiro de que somos um país com uma democracia racial forte devido a miscigenação das raças. Mas novamente os fatos mostram o contrário. Só o simples fato de que a maioria dos prisioneiros dentro das penitenciárias brasileiras são negros, já conseguimos visualizar a incoerência deste mito de que todos são iguais perante a lei. Ou pior, de que todos possuem as mesma oportunidades basta se esforçar, outra incoerência. 

Eu poderia passar muito mais fatos que provam a desvantagem social que os negros sofrem no Brasil e não caberia dentro de um livro de 100 páginas. Mas agora quero tratar da origem do problema: Racismo. No Brasil racismo é crime, no entanto isso não impede que discriminações disfarçadas de piadas ou expressões culturais deixem de acontecer. Por exemplo: "Não sou tuas nega" ou "Hoje é dia de branco" são extremamente pejorativos. Além do mais, muitos se recusam a discutir o tópico por considerar ele muito delicado mas esquecem que problema não deve ser jogado para de baixo do tapete, problema tem que ser discutido, tem que ser debatido e mais importante combatido. Abominar o racismo é a única chance que teremos de ter uma sociedade mais justa. 

consciencia negra

O dia da consciência negra existe para entendermos que a luta começou já faz muito tempo e ainda não acabou e não está nem próximo disso. principalmente aprender sobre sua história é fundamental para entender seu presente. E é por isso que também é importante acompanhar instituições como Geledés - Instituto da Mulher Negra, que se posiciona em defesa de mulheres e negras, pois devido aos fatos, entendem que esses dois segmentos possuem desvantagens sociais e sofrem constante discriminação dentro de nossa sociedade. E movimentos como o americano All Black lives matter que hoje em dia se transformou numa organização que se dispõem a lutar, não somente contra a violência policial, mas também contra condições sociais, políticas e econômicas que oprimem o negro americano. 

O racismo não são casos isolados. O racismo é uma questão estrutural em nossa sociedade. É contra um grupo de pessoas que a menos de 150 anos atrás era considerado mercadoria e mão-de obra escrava. E que hoje estatisticamente falando, os negros possuem maiores desvantagens sociais e profissionais devido a cor da sua pele. Não estamos falando de um assunto delicado que causa desconforto para alguns, estamos falando de uma assunto severo que mata gente negra todo dia. 

Por fim eu acredito que é fundamental que todos entendam a gravidade deste assunto. E então para aqueles que possuem privilégios não apenas se abstenha, participe, use sua posição para combater esse problema estrutural. Vamos sim nos conscientizar e nos libertar de idéias retrógrada. E para aqueles que já estão no ringue, como já dizia Criolo, "não abaixe a guarda, a luta não acabou". 

Fontes e Leituras que valem a pena para se conscientizar. 

A pauta racial no Brasil não é uma pauta fragmentária ou minoritária

Falta tratar do racismo

Violência e racismo: uma relação calcada em problemas estruturais

Fim da Escravidão no Brasil

EUA: Taxa de assassinato de negros é oito vezes maior que de brancos

 

DIY: Pasta de dente <3

DIY: Pasta de dente <3

A cura da morte

A cura da morte