ax novinhaix

Vai de copinho!

Vai de copinho!

Hello Gente!

Hoje o assunto é sobre sustentabilidade, empoderamento e liberdade aqui no The Sun Gallery!

Você sabia?

Uma mulher em média usa de 10 a 15 mil absorventes durante a vida, o absorvente industrializado não é feito com material biodegradável por isso demora cerca de 100 anos para se decompor, um dado de 1998 diz que por ano 19 BILHÕES de absorventes são descartados só na America do Norte ou seja, nossos absorventes tão práticos e aparentemente inofensivos representam uma grande parte do lixo mundial.

Além da questão quantitativa, existe a questão qualitativa...

Os absorventes são feitos com material químico e tóxico, sendo o pior deles a DIOXINA, considerada uma das mais tóxicas do mundo e que segundo a EPA pode causar câncer em animais e “talvez” em humanos, essa substância esta ligada também com casos de endometriose e doenças inflamatórias. E existem informações de que os absorventes contém AMIANTO uma substância que faz com que as mulheres sangrem MAIS e consumam mais absorventes.Sem contar os pesticidadas e o algodão transgênico.

Quando pesquisei um pouco mais sobre esses dados (assustadores!) sobre quantidade e qualidade dos absorventes comuns me bateu um desespero e após ler muitos relatos felizes e libertadores, resolvi testar o tal do coletor menstrual ou para as íntimas, copinho.

copinho - the sun gallery

A primeira patente de um coletor menstrual ou copinho para os desavisados, é datada de 1930 mas existem registros de que em 1867 havia algo parecido.

Faz tempo né? 

Demorou mais chegou! 

O coletor nada mais é do que um copinho de mais ou menos 4cm feito de silicone medicinal atóxico, translúcido, hipoalergenico, antibacteriano e super flexível que se ajusta ao corpo e coleta o sangue sem deixar vazar. Soa maravilhoso não é?

E sim! É MUITO MARAVILHOSO! 

Ao contrário do absorvente interno o copinho não fica no alto ele fica cerca de 1cm da vagina e para colocar você só precisa lavar bens as mãos, dobrar o copinho em forma de C e colocar. Ele pode ficar por até 12 horas, dependendo do seu fluxo, e ao retirar, é só descartar o sangue no vaso sanitário, lavar com água e sabão neutro e colocar de volta. É recomendado que ao final de cada ciclo você o ferva por 5 minutos. 

Pode dormir, andar de bicicleta, correr, dançar, fazer o que for porque não vaza, o copinho cria um vácuo e veda toda a passagem do fluxo, que por sua vez não entrando em contato com o ar, não cria odor. <3

copinho - the sun gallery_2

E o melhor, o copinho dura no mínimo 5 anos e se você cuidar dele com carinho pode durar até 10 anos (pensa na quantidade de $ e lixo que você vai economizar!)

Além de se livrar das amarras dessa industria que finge nos ajudar e nos empoderar a gente também se redescobre, o fluxo, a cólica, a relação que temos com nosso corpo e a consciência mudam.

O preço do copinho é em media 80 reais, já existem várias marcas no Brasil, então pesquise, escolha a melhor pra você (existem tamanhos diferentes ) e vá ser feliz! 

Menos lixo, menos químicos no nosso corpo e mais amor pela natureza. #vaidecopinho 

E até segunda, com uma receita maravilinda de um creme natural para as cutículas.

Equilibrando o Sol de dentro

Equilibrando o Sol de dentro

Na beleza de um pôr do Sol

Na beleza de um pôr do Sol

0