ax novinhaix

A criatividade em nossas vidas

A criatividade em nossas vidas

Uma das grandes diferenças entre um adulto e uma criança é a capacidade de utilizar sua imaginação e ser criativo com frequência. Quando somos crianças somos instigados o tempo todo a ser criativos. Em casa na hora de brincar sozinho, na escola na hora de aprender e com os amiguinhos na hora de brincar e socializar. Com a chegada da vida adulta, o espaço que temos para ser criativos seja nos estudos ou no trabalho é bem menor, pois nos deparamos com regras e padrões que devem ser seguidos muitas vezes sem poder questiona-los. A primeira escola de idiomas que eu trabalhei como professora de inglês era uma escola franquia. Tudo já estava preparado para o professor, ou seja, não havia espaço para ser criativo, bastava seguir o guia do professor no livro exatamente como estava. 

criaitividade


A criatividade faz parte do cotidiano de qualquer pessoa que se atreve a viver com um pouco mais de imaginação e sair fora da caixinha. Eu mesma só fui entender quão criativa eu poderia ser no meu trabalho depois de fazer um curso profissionalizante de professores de inglês para adulto; que abriu a minha mente para novos horizontes.


Mas afinal de contas o que é ser criativo? Segundo o educador Britânico Ken Robinson é um processo onde se tem uma idéia original que possua algum valor. Muitos acreditam que para ser criativos, você tem que ser artístico de alguma forma, mas Robinson afirma que a criatividade está em qualquer processo de inteligência humana, ou seja, você pode ser criativo tanto como um pintor como um contador. 


Em estudos recentes conduzidos pelo Creativity Research Journal afirma que estamos em uma crise de criatividade desde o início dos anos 1990. Um teste muito famoso da área da educação conhecido como Torrance test, que avalia o pensamento criativo de crianças e pré-adolescentes, diagnosticou uma diminuição no nível de criatividade  entre crianças do jardim da infância até no início do ginásio. 


Coincidentemente foi nos anos 1990 que a tecnologia ao alcance do homem comum começou a deslanchar e consequentemente são muitos que atrelam isso a queda dos níveis de criatividade entre crianças. Hoje, em 2016, não é surpresa pra ninguém ver um bebê com menos de um ano brincando com tablets e celulares; a criança já cria o hábito de usar apenas os dedos e ter tudo muito rápido e prático para eles, não abrindo espaço para a imaginação, afinal, tudo já está bem visível numa tela.

criaitividade

No mercado de trabalho atual, apesar das limitações, ser criativo é sim um diferencial. Em 2010, a  empresa IBM conduziu uma pesquisa com mais de 1500 CEOs de 60 países e 33 indústrias mundiais. Os grandes chefes acreditam que mais do que a habilidade de gerenciamento, integridade e visão, ser criativo é essencial para atingir o sucesso. Se considerarmos o mercado de startups para aplicativos, os grandes vencedores do momento são os que tiveram as idéias mais criativas como o Waze que integra o gps e socialização entre os usuários para que todos possam saber como anda o trânsito de sua cidade.
Existe um debate entre educadores se a criatividade é algo que possa ser ensinado. Segundo Robinson, primeiramente, é necessária entender o que é ensinar. Instruções diretas e precisas, sem dúvida não caberiam, mas por meio de encorajamento e motivação, seria possível sim guiar o aluno a ter mais criatividade.

Dessa forma é possível concluir que a criatividade é importante em vários momentos da vida. Mesmo quando se está entediado ou procrastinando, essas são etapas necessárias também que muitas vezes antecedem uma idéia original. E ser original nem sempre é uma idéia 100% nova, mas que possui algum diferencial. Além do mais, o valor dessa idéia também vai depender de diversos fatores não somente o financeiro. 

criaitividade

Quando se fala em criatividade é necessário sair da sua zona de conforto e se desafiar a pesar de uma forma diferente. Como já disse o escritor e psicólogo americano Timothy Leary: " para você usar a sua cabeça, você precisa sair para fora da sua mente" (In order to use your head, you've got to go out of your mind). 

Boa criatividade à todos!
 

Novembro Azul e um barbear natural

Novembro Azul e um barbear natural

Bolhas digitais

Bolhas digitais

0