ax novinhaix

#rioporquetonorio

#rioporquetonorio

Rio porque ele está no Rio de Janeiro! E hoje temos o prazer de conhecer Henrique Soares, que bateu um papo comigo no melhor blend Rio+Sol+Fotos. Portanto hoje sinta-se em casa, ou seja, no Rio! #errejota, aqui no The Sun Gallery ;)

É isso que a cidade maravilhosa desperta, segundo ele, a sensação de estar em casa, de poder ficar à vontade. E nos convida para entrar no clima através de suas fotos no Instagram. Onde faz registros #porainorio, usando apenas o celular e a habilidade surpreendente de nos transportar para um passeio relax pela #vidacarioca

Henri #carioquissimo, nasceu e cresceu no Leblon, pertinho de uma praia maravilhosa, ambiente super propício para quem sempre teve uma conexão com o Sol e adora calor! Se falo em praia, tem que haver #sol, então, pra mim, ele esteve sempre presente, é uma coisa que gosto muito, adoro calor ~moderado~."  

Postava muitas fotos de paisagens no seu perfil pessoal, e percebeu que um interesse grande por esse tipo de foto. Unindo isso à necessidade de ter um projeto que tivesse prazer em se empenhar, com toda sua #cariocagram criou um perfil exclusivo para transmitir o seu olhar #aboutrio.  

carioca rio de janeiro the sun gallery henrique soares 

Mesmo que a paisagem faça parte da sua rotina, ele não deixa de se encantar com o Sol e de registrar cada encontro #napraiario. “Eu gosto bastante mesmo! Moro do lado da praia praticamente, então sempre que eu estou lá ou passo por lá, faço algum registro. Tenho milhões de fotos parecidas, mas sempre me surpreendo com a beleza da junção do Sol com a praia. ” 

Ele é super da pegada #cariocandonorio "Gosto de sair, ir a praia, cinema, shows e tocar violão, não vivo mais sem um violão por perto. Haha" E com esse companheiro de aventuras sempre rola um reggae #goodvibes ao pôr do Sol. "Reggae trás uma coisa boa, uma vibe muito boa e o #rio também", completa.

Agora que você já sabe o som e o tom, em precisa mais fazer um #021, você pode conhecer um pouco mais sobre o Henri na entrevista a seguir:

Como começou o teu projeto de fotos?

Quando era mais novo nasceu um prazer em tirar fotos. Já acompanhava alguns sites, comunidades no Orkut, que foram migrando para o Facebook. Os anos foram passando, continuei com o gosto, sempre que ia a algum lugar diferente tirava fotos para registrar alguns momentos. Cheguei a fazer um Fotolog onde postava alguma foto de minha autoria e alguns textos sobre o meu dia ou situação, e tinha também uma conta no Flickr, mas tudo isso sempre foi bem privado, não tinha o costume de divulgar. Quando criei minha conta no #Instagram, costumava intercalar minhas fotos pessoais com fotos de paisagens, mas percebi depois de um tempo, que minhas fotos das paisagens estavam tomando conta do meu feed, então tive a ideia de criar o @Henriifotografias e começar a postar lá. Na minha primeira foto deu 300 e poucas curtidas que foi muito importante para a continuidade dele, foi estimulante!

Qual a sua inspiração para o projeto e como você acha que ele impacta as pessoas? O que você quer despertar?

Ele me inspira porque eu consigo transmitir um pouco do meu olhar das coisas e de uma forma bem simples. Apenas com a câmera de celular e uma edição básica com o #VSCO, por enquanto, consigo chegar onde eu quero e quando vejo o resultado, fico feliz com ele e com os elogios, com as pessoas que ele me faz conhecer e fico muito grato com o reconhecimento. Acho que impacta de uma forma bem positiva, porque moro em uma cidade linda, é a cidade maravilhosa e muitas pessoas não conseguem ver isso com tanta clareza. E quando veem o meu feed, falam que a foto é linda, assim como o lugar em que foi tirada. O que eu tento e acho que consigo em alguns casos, é despertar que apesar do RJ ter alguns problemas, é um lugar maravilhoso, cheio de lugares lindos, é só olhar ao redor, que tudo fica um pouco mais harmonioso.

Você acha nem tudo que a gente vê sobre o Rio é de fato o que ele é? Como você abraça essa cidade e como ela te abraça de volta?

Acho que todos os lugares são assim, cada um tem uma visão diferente de cada lugar, que pode ser modificada através de algum estimulo ou influência. Eu gosto muito daqui, amo esse lugar e acho que ele me presenteia com a possibilidade de fazer registros dessas lindas paisagens. Haha.

Como você vê a relação do carioca com o Sol?

Então, a maioria dos cariocas se amarram em sol, quando tem um tempo sobrando, estão de folga ou saem do trabalho/escola/faculdade e tal, já vão para a praia, piscina. Já convocam os amigos para ir ao bar, trocar uma ideia, tomar uma cerveja.  O carioca tem uma ligação muito grande com o Sol e calor.

O que você mais gosta no Rio?

O fato de poder falar com “qualquer” pessoa, que eventualmente poderei trocar uma ideia ou receber uma informação. O Rio é maravilhoso, te dá esse gostinho de “se sentir sempre em casa”, confortável e adaptado.

O que faz o seu Sol brilhar?

Acho que são as pequenas grandes coisas que fazem total diferença. Estar com quem eu gosto, fazer meus registros, tocar meu violão, tomar meu matte leão e ter sempre um fone de ouvido para ouvir minhas músicas. ☼

"Matte da praia + biscoito globo = VIDA"

Henrique Soares - The Sun Gallery

Depois de papear com o Henri e de passear pelas fotos dele no Instagram, tive que confessar a vontade súbita que bateu bem forte na minha porta de viajar para o #riodejaneiro o quanto antes!  Ele riu e me disse: "veeeem, você não vai se arrepender!" E me recomendou fortemente: "Matte da praia + biscoito globo = VIDA. Isso pode ser uma das coisas que resumem um carioca praieiro. É de lei, ir na praia e tomar pelo menos um matte. Quando vier para cá, não deixe de fazer isso, por favor mesmo..."

E logo logo eu vou para o #riodosmeusolhos ! Quem me acompanha? =)

Aqui um atalho para o instagram do Henri - Henrifotografias

Conheça também a fanpage do projeto o Facebook - Henriifotografias 

Lavando o cabelo de maneira natural

Lavando o cabelo de maneira natural

Bora hidratar esses lábios?

Bora hidratar esses lábios?