ax novinhaix

A vida no Paraíso - ahimsa

A vida no Paraíso - ahimsa

Imagine como deve ser morar no Paraíso. Um lugar lindo, calmo e cheio de natureza. Flores, árvores frutíferas, passarinhos e outros animais vivendo livremente em harmonia. Bem não precisa só imaginar, esse lugar existe e é na Chapada dos Veadeiros! É o Paraíso dos Pandavas. =)


O projeto nasceu como uma missão de compartilhar a vida em autorrealização em yoga, proporcionando vivência completa com meditação, culinária vegetariana (esse lugar tem a melhor comida ever!), yoga e contato com a natureza. Não apenas contato, mais também muito respeito, e daí surge aquela palavrinha ahimsa, que significa não violência. 

Além de proporcionar vivências de práticas espirituais, também pregam a importância da consciência do divino em tudo que se faz e em todas as interações com outros seres vivos, humanos ou não. Pois acreditam que há uma ligação intrínseca entre o desenvolver da espiritualidade, a compaixão re respeito para com todas as entidades vivas e o próprio bem-estar, físico e mental. Desta maneira, esses aspectos estão ligados, e dependem diretamente um do outro.

"Falar em vida espiritual (ou religiosa) sem tomar os devidos cuidados com a ajuda ao próximo é algo reconhecidamente inaceitável. Igualmente contraditório é falar em vida espiritual e não ter cuidado com o meio ambiente e com a própria saúde.  Por outro lado, ter cuidado com o meio ambiente e com o próximo, sem levar em consideração o aspecto espiritual é pouco coerente, pois a vida, ou consciência, não é material, como a própria ciência moderna nos mostra."

Esta filosofia de vida tem base na cultura Védica, que foi apresentada na Índia, há aproximadamente 5200 anos atrás. E assim, deste ponto de vista, a visão da realidade compreende a necessidade de ver todas as espécies como parte de uma sociedade que divide esse nosso planeta.  

Os hóspedes do local sempre perguntam sobre a falta de um bicho de estimação por lá, já que há muito espaço para isso. Mas a resposta é simples, e não poderia ser outra: "Gostamos dos animais selvagens, como os passarinhos, araras, tucanos que nos visitam todos os dias, e seriam espantados caso houvesse a presença de animais que não fazem parte deste habitat."

Mesmo com grandes extensões em terreno (que poderiam ser utilizados para chalés ou plantio) o local preserva a vegetação nativa do cerrado; que apesar de muito seco, também é muito delicado. Com plantas e árvores centenárias como a canela-de-ema que cresce 1cm por ano, e se encontra em abundância na região. 

Quem vive na cidade pode não conseguir imaginar como é viver em completa harmonia e respeito com a natureza, mas o Paraíso dos Pandavas mostra que é possível. E recebe pessoas de todas as nacionalidades, idades, cores e tamanhos para experimentarem profunda paz e bem-estar.

Pratique ahimsa você também =) 

Para saber mais sobre o Paraíso dos Pandavas, clica aqui.

The Sun Gallery Paraíso dos Pandavas
As mudanças anunciadas_01

As mudanças anunciadas_01

Veggie life!

Veggie life!